• Fone/Fax: (47) 3351 - 1373
Foto O poder do voto para a mudança do país
  • 30/09/2022

O poder do voto para a mudança do país

A longa espera no atendido no postinho de saúde, as péssimas condições hospitalares, a demora para fazer um exame, a falta de remédios, os altos impostos, o preço alto da gasolina e do gás de cozinha, a quantidade de buracos ao longo de uma rodovia, o desemprego e a miséria. Essas e demais demandas do país tem a ver com a responsabilidade que será assumida pelos próximos candidatos eleitos nas eleições deste domingo, 2 de outubro. Por isso é importante que cada cidadão possa exercer a sua cidadania, votar e contribuir para os rumos dos próximos quatro anos do nosso estado e do país.

As eleições estão aí e muitos brasileiros ainda estão se perguntando ainda se devem votar ou não, afinal, muitos acreditam que o voto é perda de tempo e não fará diferença. Entretanto, se você deseja que seu estado e país tenham melhores condições nas áreas da saúde, educação, tributação mais justa, moradia, melhoria na qualidade de vida, a resposta é SIM. O voto consciente de cada um é importante e faz diferença, pois, caso contrário outros tomarão a decisão por você.

Votar é um ato cívico, um instrumento de mudança política e social, e desde o século XX muitos brasileiros batalharam para que todos, até hoje, tenham esse direito. É a melhor maneira de ouvir o que o eleitor pensa, a opinião da população sobre diversos assuntos e quais são os seus desejos. Desta forma, cada eleitor tem a oportunidade de fazer parte das decisões que afetam não somente a sua vida, mas a de milhões de pessoas.

Uma excelente forma de conhecer um pouco mais sobre os candidatos é pesquisando suas plataformas e propostas de governo e verificando qual se aproxima mais dos seus pensamentos e convicções, analisar aquele que apresenta o melhor plano, de acordo com o que achamos necessário para o desenvolvimento do país e, em especial, em prol da classe trabalhadora, que representa a grande parte dos brasileiros.

No próximo domingo, 2 de outubro, serão eleitos candidatos para os cargos de governador, deputado estadual e federal, senador e presidente. O Brasil tem mais de 156 milhões de eleitores aptos a votar e, os candidatos eleitos de forma democrática deverão representar não somente quem o apoiou, mas toda a sociedade e toda a população brasileira, considerando que esse será seu papel enquanto funcionário público eleito pelo povo.
Depois que as eleições passarem é importante também que cada cidadão exerça seu poder acompanhando os trabalhos e cobrando dos candidatos eleitos as propostas prometidas, afinal cabe a população não somente eleger, mas também atuar como agentes fiscalizadores.

Nesse sentido, o Sintrivest mais uma vez reforça que, ao votar, o eleitor opte em escolher candidatos que, se eleitos, defendam projetos de leis e a garantia de direitos que beneficiem a classe trabalhadora. Eleger candidatos que posteriormente governem por interesses próprios, ou que beneficiem apenas pequenos grupos ou uma pequena parcela da população, não irá mudar a realidade. É preciso olhar para quem os representantes do povo realmente irão governar, após eleitos.
Assim, o voto de cada um será decisivo para os próximos quatro anos e para a mudança que todos almejamos para o nosso dia a dia, com um Brasil melhor para todos.


(*Fontes:
https://www.tse.jus.br/comunicacao/noticias/2018/Agosto/justica-eleitoral-lanca-campanha-para-estimular-eleitor-a-votar

https://www.tse.jus.br/eleitor/justificativa-eleitoral/justificativa-eleitoral

https://www.tse.jus.br/comunicacao/noticias/2018/Setembro/faltam-30-dias-mais-de-147-milhoes-de-eleitores-vao-as-urnas-no-dia-7-de-outubro?SearchableText=eleitores%20aptos

https://sig.tse.jus.br/ords/dwapr/seai/r/sig-eleitor-eleitorado-mensal/home?session=13038242447352

https://revistaoeste.com/politica/eleicoes-2022/saiba-onde-votar-eleicoes-2022-0/ )


Últimas Notícias

Tags